Banda da Semana: Eca

Parece que não há como escapar da tendência atual para a nostalgia dos anos noventa: da turnê de reunião dos Back Street Boys / New Kids on the Block, ao retorno doGritarfranquia, a influência da década no Zeitgeist atual é difícil de ignorar.

De certa forma, o quarteto Yuck inspirado no grunge, que é três partes britânico e uma parte americano (graças ao baterista criado em Nova Jersey Jonny Rogoff ) destacam outro capítulo nesta onda atual de mania dos anos noventa: seu álbum de estreia autointitulado, lançado no mês passado, é uma caminhada cheia de barulho pela estrada da memória do indie-rock, e os viu fazer comparações com vários nomes muito reverenciados de rock alternativo do início dos anos 90, como Dinosaur Jr., My Bloody Valentine e Pavement.

Vocalista principal Daniel Blumberg, no entanto, rejeita as afirmações de que estão capitalizando a valorização atual do fuzz-rock fundido dos anos noventa. “Quando começamos, não tínhamos nenhum objetivo. Simplesmente fizemos o que parecia certo e gravamos isso ”, explicou ele da Califórnia na semana passada, onde eles estavam no meio de uma turnê nos Estados Unidos. “Não foi uma coisa discutida”, ele continuou, indo mais longe para dizer que os ouvintes astutos deveriam ser capazes de ouvir a falta de premeditação do álbum. “É meio que vai em direções diferentes, é definitivamente um álbum de estreia dessa forma.”

Quer eles tenham a intenção de evocá-lo ou não, não há como negar que Yuck tem a estética perfeita dos anos 90, tanto auditivamente quanto visualmente (de seus suéteres de malha de tamanho grande e camisas de lenhador ao fato de que os cabelos desgrenhados de Blumberg quase nunca saem de seus olhos). Mas, se você me desculpar com o trocadilho, a abordagem de Yuck sobre o grunge não deixa um gosto desagradável em sua boca. Além da reminiscência que pode provocar, não há como negarque nojotem o elemento do rock de verão despreocupado que a maioria das pessoas aprecia na primeira onda do grunge e, nesse sentido, seu timing não poderia ser mais perfeito.

OUÇO: “The Wall” de Yuck

Contente

Leia tudo sobre a semana passada Artista da Semana: Katie Costello.